Trágico

Andava pelas pedras, ao pé de uma montanha o pobre andarilho Jonas. Fétido como um gambá, esguio como uma serpente e ignorado como um inseto pelos SUVs e mini vans que passavam pela estrada, ele continuava seu caminho pela trilha para o topo do monte.

Por que?

Ele não sabe.

Seria subir um monte de 900 metros de altura um feito que ostentasse alguma importância?

Bom, quando não se tem nada, família, casa, trabalho, dinheiro ou mesa de escritório cheia de porta-trecos e papéis, o pouco se torna muito.

Em certos países, Jonas seria um desertor. Um criminoso. Como pode alguém não ter uma casa e sujar as ruas com sua existência? Como pode alguém não ter um trabalho e agradar os outros camaradas com seus serviços? Como pode alguém não ter família e andar sozinho, amando ninguém além de si mesmo e o silêncio? Como pode alguém ser tão egoísta?
Como pode?

Jonas, mesmo sendo um errante sem estudo ou modos, tinha seus princípios, mesmo que quase anarquistas. Desprezava todo o tipo de dinheiro ou símbolo monetário. Caçava. Se banhava em riachos. Simples como simples pode ser.

Ainda subindo a montanha, Jonas chutava pedras e latas.

Latas?

Lata, uma única lata marrom, enferrujada. Provavelmente uma lata de feijões, no melhor estilo western italiano.

Jonas pegou a lata e a chacoalhou. Havia algo dentro dela, algo como uma bola de bilhar. Pesado, porém pequeno o suficiente para caber em uma lata de feijões. Ao abrir a lata, Jonas esqueceu de todos os seus princípios, e uma única lágrima escorreu pelo seu rosto, do olho esquerdo até a ponta das barbas longas e sujas.

Dentro da lata, um grande rubi vermelho do tamanho de uma maçã McIntosh na boca de um porco à pururuca.

Mas pouco podia fazer o rubi, tão grande e tão valioso, a respeito da enorme leoa da montanha que se esgueirava pelas costas de Jonas, então, atacando-o e destroçando-o, pintando o por do sol azulado e laranja na montanha de vermelho sangue. Triste, trágico realmente.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s